Vem Conhecer a

Logo HiperLam

A Hiperlam da Zenóbio Madeiras são Vigas e Pilares de madeira lamelada colada, também conhecida pela sigla MLC, é um tipo de produto estrutural de madeira que compreende várias camadas de madeira, coladas com adesivos estruturais duráveis e resistentes à umidade.


A fabricação da Hiperlam com madeira lamelada colada reúne duas técnicas bastante antigas. Como o próprio nome indica, a mesma foi concebida a partir da técnica de desdobramento de madeira, ou seja, da reconstituição da madeira a partir de lamelas que são de dimensões relativamente reduzidas se comparadas às dimensões da peça final assim constituída.

Configuração da
Hiperlam

Hoje em dia, estas estruturas têm sido muito populares nos Estados Unidos, Canadá, Finlândia, Suécia, Noruega, Holanda, Alemanha e Bélgica

Os produtos Hiperlam, vigas e pilares de MLC da Zenóbio Madeiras utilizam cola importada dos Estados Unidos, sendo um adesivo estrutural bicomponente de emulsão acrílica polimerizada com Isocianato (EPI), desenvolvido para oferecer excepcional resistência à água e ao calor, é especialmente recomendado para colagem de vigas, vigas I, barrotes, MLC - madeira lamelada colada (gluelam) e madeira lamelada colada cruzada (CLT – cross laminated timber), bem como de madeiras, laminas de madeira e substratos de madeira em geral. Excede as exigências das normas da “American Society for Testing and Materials.ASTM D2559-12a e ASTM D7247-07ae1 e ANSI 405-2013”, que são testes de adesivo requeridos para várias aplicações estruturais para Laminados Colados.

Diante do adesivo utilizado e impregnação química em Autoclave os produtos Hiperlam são recomendados tanto para ambientes internos e externos.

Abaixo resultado dos ensaios do fabricante sobre o adesivo estrutural utilizado.

ASTM D2559-12a: Norma de Especificações para Adesivos para Produtos Estruturais Colados de Madeira para Uso de Condições de Exposição Externas - (Relatório de Teste PFS #12-093)

Resistência ao Cisalhamento por Compressão
Min/Min* Min/Max* Max/Max*
Falha na madeira média (%) 100 100 100
Falha na madeira exigida (%) ≥75% ≥75% ≥75%
Resistência ao cisalhamento média (psi) 1930 1988 1713
Resistência à Delaminação durante Exposição Acelerada
Delaminação Exigência Resultado
Min/Min 0% Total >5% APROVADO
Min/Max 0% Total >5% APROVADO
Max/Max 0% Total >5% APROVADO
Resistência à Deformação sob Carga Elétrica
Bloco #1 Bloco #2 Exigência Resultado
Lado A Lado B Lado A Lado B
160°F (71°C) 0 in. 0 in. 0 in. 0 in. >0,139 in APROVADO
80°F (27°C) e 90% U.R. 0 in. 0 in. 0 in. 0 in. >0,139 in APROVADO

Excede as exigências da ASTM D-7247-07ae1 Método de Teste par Avaliação da Resistência ao Cisalhamento de Juntas Coladas em Produtos Laminados de Madeira em Temperaturas Elevadas: Essa norma é utilizada para avaliação da resistência ao cisalhamento de um adesivo em temperatura ambiente e temperatura elevada relativo ao desempenho de madeira sólida nas mesmas condições.

ASTM D-7247-07ae1: Método de Teste par Avaliação da Resistência ao Cisalhamento de Juntas Coladas em Produtos Laminados de Madeira em Temperaturas Elevadas - (Relatório de Teste PFS #12-093)

Média de Resist. ao Cisalhamento Taxa residual resistência ao cisalhamento Madeira Sólida - Controle Conformidade com Seção 8.5 (Nota 6)¹
Tipo Temp. ELevada Temp. Ambiente CV para resistência ao cisalhamento em temp. elevada Limite inferior do intervalo de confiança de 95%
Madeira Sólida - Controle 494 1561 0,32 0,20 0,27 APROVADO
Madeira Colada 478 1667 0,29

ANSI 405-2013: Norma para Adesivos para Uso em Madeira Lamelada Colada para Uso Estrutural - (Relatório de Teste PFS #13-100)

Exposição Externa - ASTM d2559 - APROVADO (ver resultados acima)

Envelhecimento Acelerado - ASTM D1151 - APROVADO

Madeira Colada Madeira Sólida % de Resistência da Madeira Sólida Resultado
Controle 1190 978 122% APROVADO
Envelhecido 1208 1250 97% APROVADO
Exigido: Resistência de Colagem deve ser igual ou exceder 90% da média do controle da madeira sólida.

Alta Temperatura - ASTM D7247 - APROVADO (ver resultados acima)

Resistência à Deformação - CSA 0112.9 seção 4.10.1 - APROVADO

Envelhecimento Acelerado 0 ASTM D1183.D - APROVADO

Resistência (psi) Falha na Madeira (%) % de Resistência da Madeira Sólida Resultado
Madeira Sólida 1777 100 112 APROVADO
Madeira Colada 1986 100
Exigido: Resistência de Colagem deve ser igual ou exceder 90% da média do controle da madeira sólida. Falha na madeira deve ser igual ou maior que 75%

Durabilidade - CSA 0112.9, seção 5.5 - APROVADO
Exigido ao menos 50% dos corpos de prova devem ter uma resistência ao sisalhamento maior ou igual a 508 psi.

Utilizando os produtos Hiperlam de Madeira lamelada colada, representam um uso eficiente da madeira disponível. Enquanto a demanda por madeira continua a aumentar em todo o mundo ha uma redução das madeiras de alta qualidade, grande diâmetro e combinada com as preocupações ambientais e as mudanças nas práticas de gestão florestal para fazer madeira maciça fica cada vez mais caro e mais difícil de se obter. Por isso a MLC faz o uso de menores dimensões e menos desejáveis da madeira, mas são projetados para ser mais forte e de mesmo tamanho da madeira maciça. Eles também sofrem menos defeitos e retração devido a alterações de umidade como a verificação, empenamento e torção de madeiras sólidas.

Os produtos Hiperlam de MLC são uma alternativa sustentável em relação ao o concreto e aço por ter uma baixa energia incorporada na comparação.

Características


  • Vigas com comprimento até 14m e espessura até 200mm e Pilares até 7m e espessura até 300mm com alta capacidade de carga e um baixo peso próprio;
  • Peças aparelhadas, retas e sem empenamentos;
  • Fácil aplicação;
  • Impregnado em autoclave preservativo CCA-C (Arseniato de Cobre Cromatado) conforme ABNT/NBR 16.143, para resistir aos ataques causados por fungos apodrecedores e insetos xilófagos (brocas e cupins);
  • Madeira de pinus proveniente de florestas sustentáveis, para a obtenção das estruturas, os produtos Hiperlam utilizam madeira legalizada oriunda de reflorestamento de pinus. Logo, matéria-prima renovável, sempre disponível e crescendo de forma constante, por conseguinte ajuda na preservação das matas nativas;
  • Material leve, oferece facilidade na construção e na desmontagem de grandes estruturas. Além disso, quando comparada uma viga de MLC com uma viga de concreto, com o mesmo volume, apesar de possuírem o mesmo poder de resistência, o elemento de madeira será cinco vezes mais leve. Sendo assim, por obter um peso menor do que outros elementos construtivos, transmite menos esforço para as fundações resultando numa grande economia nos custos finais da obra;
  • A madeira é altamente resistente ao fogo, uma vez que ao redor do núcleo, uma camada carbonizada é formada resistindo à penetração de oxigênio e de calor, por isso queimam mais lentamente e retarda o colapso da estrutura. Sendo assim, uma estrutura de MLC é mais segura que uma estrutura de aço desprotegido;
  • A madeira é altamente resistente a cargas de choque e cargas acidentais elevadas de curta duração. Assim como possui resistência à substâncias químicas, agressivas e também aos materiais corrosivos;
  • Estabilidade Dimensional, os produtos Hiperlam são produzidos em umidade de 12%, o que corresponde a uma umidade de equilíbrio de 20C e 65% de umidade relativa. O comportamento de contração e inchamento se reduz ao mínimo, portanto, afastando tortuosidade, encanoamento e rachaduras;
  • Pouca energia para fabricação: Para a produção de 1 tonelada de madeira, é utilizado 1 unidade de barril de petróleo;
  • Os produtos Hiperlam são arquitetonicamente agradável sem precisar revestimento, beleza estética impar;
  • Por serem peças estruturais pré fabricadas, uma obra com sistema com produtos Hiperlam possui canteiros de obra mais limpos e o mais vantajoso, rapidez na montagem da estrutura, diminuindo assim, custos de mão de obra e ganhos de tempo;
  • Pode ser aplicado pintura sólida, verniz, stain, cetol, etc,todavia, não devem formar película superficial (filme), para evitar trincas/racharuras.